Humildade e Mansidão: Aspectos do caráter de Cristo

Nos dias atuais, a humanidade passa por uma profunda crise de identidade moral e principalmente, espiritual. Uma sociedade em que cada vez mais pautada no imediatismo das coisas, onde a resolução de nossos problemas está ao alcance de um clique, seja de um botão de controle remoto, ou de um teclado de um computador, como estou fazendo, esquecemos muitas vezes, do essencial em nossas vidas, a presença de Cristo Jesus.

O Caráter de Jesus, apresenta dois aspectos em que cada vez mais, a humanidade está se esquecendo deles, que são: a Humildade e a Mansidão. Como vemos em Mateus 11:28-30, pois Ele é manso e humilde de  coração e é lá que achamos descanso para as nossas almas tão cansadas e surradas com o passar do tempo.

O apóstolo Paulo em sua epístola aos Gálatas no capitulo 5:22-23, nos fala sobre os frutos do Espirito Santo, dentre eles estão a Mansidão e a Humildade, destacando que contra esses frutos, não exite Lei que derrube, sendo as mesmas imutáveis no Espírito, daí podermos deduzir que Cristo tem esse aspecto espiritual.

Temos, como Cristãos, que combater a soberba em nossos corações, uma vez que a mesma precede a ruina, e a altivez do espirito, a queda (Proverbios: 16:18), tais sentimentos nos afastam de Deus, e contribuem para nossa destruição particular, enquanto seres humanos, e coletiva, enquanto formadores de uma sociedade.

Em Gálatas 6:3, o referido apóstolo destaca que ¨Porque, se alguém se julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana¨, falando da necessidade de nossas lutas e valorizando a ajuda mutua, que o Cristão deve exercer em casa, na Igreja, na Faculdade, no trabalho, na rua, ou seja em todos os lugares devemos ter uma atitude digna e descente a tal ponto de sermos chamados de Cristãos.

Assim sendo não devemos nos enganar com a Passividade em relação à vida, pois a mesma nos leva a hipocrísia, a ignorância, a insensibilidade, pois tais coisas nos afastam de Deus.Se tivermos a Humildade e a Mansidão de Espirito, teremos armas para pisarmos a cabeça da serpente, que é Satanás, e assim podermos derrotá-lo.

Por isso devemos, procurar a Cristo em todos os momentos de nossas vidas, para que tenhamos um melhor relacionamento com esse Deus, que cada vez mais necessitamos de sua presença em nossas vidas, para enfim termos uma vida rica desses Frutos do Espirito Santo. Em nome de Jesus! Amém!

 

Thiago  Cabral
Anúncios

NÃO TENHO TEMPO

 

 

Sabe, meu filho, até hoje não tive tempo para brincar com você.
Arranjei tempo para tudo, menos para ver você crescer.
Nunca joguei dominó, dama, xadrez ou batalha naval com você.
Percebo que você me rodeia, mas sabe, sou muito importante e não tenho tempo.

Sou importante para números, conversas sociais, uma série de
compromissos inadiáveis…
E largar tudo isso para sentar no chão com você… Não, não tenho tempo!
Um dia você veio com um caderno da escola para o meu lado. Não
liguei, continuei lendo o jornal. Afinal, os problemas
internacionais são mais sérios que os da minha casa.

Nunca vi seu boletim nem sei quem é a sua professora. Não sei nem
qual foi sua primeira palavra; também, você entende… Não tenho tempo…

De que adianta saber as mínimas coisas de você se eu tenho outras
grandes coisas a saber?

Puxa, como você cresceu! Você já passou da minha cintura, está
alto! Eu não havia reparado nisso. Aliás, não reparo em quase
nada, minha vida é corrida.
E quando tenho tempo, prefiro usá-lo lá fora. E se o uso aqui,
perco-me diante da TV. A TV é importante e me informa muito…

Sabe, filho, a última vez que tive tempo para você, foi numa
cama, quando o fizemos!

Sei que você se queixa, que você sente falta de uma palavra, de
uma pergunta minha, de um corre-corre, de um chute na bola. Mas
eu não tenho tempo…

Sei que você sente falta do abraço e do riso, de andar a pé até a
padaria, para comprar guaraná. De andar a pé até o jornaleiro
para comprar “Pato Donald”. Mas, sabe, há quanto tempo não ando a
pé na rua? Não tenho tempo…

Mas você entende, sou um homem importante. Tenho que dar atenção
a muita gente. Dependo delas… Filho, você não entende de
comércio! Na realidade, sou um homem sem tempo!

Sei que você fica chateado, porque as poucas vezes que falamos é
monólogo, só eu falo. E noventa por cento é bronca: quero
silêncio, quero sossego! E você tem a péssima mania de vir
correndo sobre a gente. Você tem mania de querer pular nos braços
dos outros… Filho, não tenho tempo para abraçá-lo.

Não tenho tempo para ficar com papo-furado com criança. Filho, o
que você entende de computador, comunicação, cibernética,
racionalismo? Você sabe quem é Marcuse, Mc Luhan?

Como é que vou parar para conversar com você? Sabe, filho, não
tenho tempo, mas o pior de tudo, o pior de tudo é que…
Se você morresse agora, já, neste momento, eu ficaria com um peso
na consciência, porque, até hoje, não arrumei tempo para brincar com você.

E, na outra vida, por certo,

Deus não TERÁ TEMPO de me deixar, pelo menos, Vê-lo!

 


No Vento Livre do Seu Arbítrio

Quantos anos você tem?

 15, 20, 30 ou tá vivendo de gorgeta?

 Sim, porque depois dos 50, é gorgeta.

 Neste mundo poluído, conturbado,

Passar dos 50 é fazer 13 pontos…

Quantos anos você tem?

Você tem idade para saber o que é certo

Ou você só tem idade para viver o que é errado?

Quantos anos você tem?

 Você tem idade para tomar vergonha

 Ou a vergonha se consumiu na sua sociedade de consumo?

Quantos anos você tem?

 Você tem idade para enfrentar, assumir e realizar

Ou você só tem idade para entrar na onda?

Você é um rato ou um homem?

 Você prefere queijo ou amor?

Você está na ratoeira da massificação

 Ou está no vento livre do seu arbítrio?

Quantos anos você tem?

Você sabe que não existe presente?

 Que o “que” desta linha já é passado

 E o futuro é o “que” que não escrevi?

Quantos anos você tem?

 Você sabe que o presente não é deste mundo,

O presente é a eternidade vivida.

Quantos anos você tem?

15, 20, 30 ou está vivendo de gorjeta?

 O que é que você já fez?

 Atravessou cego na rua?

 Deu esmola?

Pô, isso qualquer escoteiro faz!…

Quantos anos você tem de GENTE?

Você já despertou como GENTE?

 Você já andou como GENTE?

Ou até agora foi um instrumento de repetição?

 Você sabe o seu papel no mundo,

Ou é um espermatozóide crescido,

 Na eterna espera de um óvulo?

Quem é você?

Quantos anos você tem?

 Olha, só a sua consciência pode responder isso!

 Hoje, eu sei quem eu sou,

Sei minha idade,

Mas já fui um autômano como você,

 Felizmente, me encontrei,

 Me encontrei, no vento livre do meu arbítrio!

Renúncia

Eu queria uma vida assim com você,
Assim sem relógio e sem dedo em riste,
Sem lei e sem sociedade,
Sem satisfação e sem chau!
Eu queria uma vida assim com você,
Mas, felizmente, meu querer não é tudo
E meu poder é limitado.
Felizmente, minha palavra se esvai
E este papel se amarela.
Felizmente porque o bom é a espera.
A incerteza e o talvez são molas propulsoras;
Porque senão a alegria não teria razão
E o chegar não teria partida.
Eu queria uma vida assim com você,
Sem lenço e sem documento,
Mas, o bacana é o adeus, é a volta,
É o riso depois do choro,
É o hoje sofrido e o amanhã exultante.
O bacana é o crescente, a renúncia,
A noite mal dormida, a consciência,
O bacana é a luta, É saber que existe o perdão.
É a dúvida do “não quero”, mas quero!
Eu queria uma vida assim com você,
Mas dou graças por não ter,
Porque só assim eu posso escrever tudo isto,
Só assim eu posso medir-me,
Posso certificar a limitação humana.
Só assim eu sei que nada sou,
Que vivo capengando,
Carregando o que dá
E caindo com o que não dá.
Só assim eu sei o quanto lhe quero, quanto posso, mas o quanto não devo!